18 jul

Premiar clientes está se tornando uma prática comum entre as grandes instituições financeiras. Seguros, títulos e aplicações são alguns exemplos de produtos que premiam e não é por pouco. Segundo Neival Rodrigues Freitas, diretor executivo da Federação Nacional dos Seguros Gerais (Fenaseg), associar a premiação ao cardápio oferecido é uma forma de fidelizar o cliente. “Produtos premiáveis são mais atrativos. No caso dos seguros, o apelo é ainda maior, já que eles costumam estar vinculados a momentos ruins da vida”, afirma.

Dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep) indicam que a receita de prêmios acumulada pelas seguradoras no Brasil, de janeiro a maio, somou R$ 34,2 bilhões. A cifra representa 19,8% de aumento, na comparação com o que foi apurado nos cinco primeiros meses do ano passado. O levantamento inclui seguros gerais, inclusive o saúde. Em maio, levantamento mais recente, o volume de prêmios somou R$ 6,7 bilhões, com queda de 6,8% em relação a abril. Frente a maio de 2009, houve crescimento de 9,3%.

No Itaú, a novidade para o cliente é o Seguro de Acidentes Pessoais Premiado. Além da cobertura por morte acidental de R$ 80 mil, o segurado concorre a sorteios mensais de R$ 50 mil. Para a superintendente de produtos Itaú Seguros, Aline Ferreira Coropos, as premiações agregam valor aos produtos. “É preciso garantir satisfação ao segurado”. Nesse seguro, o cliente desembolsa R$ 16,50 ao mês e, ainda na contratação, recebe os números da sorte para participar dos sorteios.

O Bradesco oferece 11 seguros, da linha Vida com capitalização, o crédito consignado premiável Bradesco, e lançou recentemente o título de capitalização Pé Quente Bradesco Ayrton Senna 50 anos. Os seguros da instituição oferecem prêmios de R$ 10 mil a R$ 200 mil mensais. No crédito consignado premiável Bradesco, a cada R$ 1 mil contratados em crédito consignado, o cliente recebe um número da sorte e concorre mensalmente a R$ 50 mil e prêmios no valor de R$ 5 mil, exclusivamente para contratos com pelo menos 12 meses de parcelas pagas.

De acordo com o diretor executivo do Bradesco Vida e Previdência, Eugênio Velasques, o objetivo de agregar prêmios ao seguro é desmistificá-lo como um produto negativo. “É importante incrementar o seguro e a premiação é uma forma de potencializá-lo, aumentando o interesse no produto”, diz. O Banco do Brasil tem fundo de investimento premiado, o Fundo Premiado Banco do Brasil, seguros premiáveis, como o Seguro Ouro Vida 2000, e títulos de capitalização premiáveis, a exemplo do Ourocap Estilo Prêmio. Para o gerente executivo da diretoria de varejo da instituição, Antônio Cássio Segura, é preciso analisar o comportamento de cada cliente para adequar o valor dos prêmios aos diferentes produtos.

“No caso do fundo de investimento premiado, é interessante oferecer um prêmio diário para incentivar o cliente a poupar”, afirma. A professora Raquel Rocha Gavião se tornou segurada do BB Seguro Vida Mulher no início do ano, elegendo como beneficiários o marido Ronaldo e três filhos. Raquel recebeu o número da sorte quando assinou o contrato do seguro, e foi surpreendida no mês passado, ao ser sorteada. “O prêmio foi um atrativo a mais para que eu contratasse o seguro. Ganhei R$ 5,2 mil. Melhor que ter um seguro é poder usufruir de prêmios ao lado de quem amo”, diz.

Fonte : Marina Rigueira – Estado de Minas

Publicação: 18/07/2010 13:41

http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/07/18/noticia_economia,i=169432/BANCOS+OFERECEM+PREMIOS+A+CLIENTES+DE+SEGUROS.shtml

Popularity: 1% [?]



About the Author: Garra Seguros
Especialista em seguros (31)4103-4652




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>