28 mar

No mês de março, a companhia ajudará centenas de mulheres que tiveram câncer de mama a resgatar a autoestima. Em parceria com seus empregados, a empresa doará recursos para a confecção de próteses mamárias provisórias, entregues gratuitamente a pacientes da Rede Pública de Saúde que fizeram mastectomia e aguardam a oportunidade de fazer uma reconstrução mamária definitiva. As próteses são confeccionadas com alpiste, espuma e malha pelo projeto “Prótese mamária doando autoestima”, da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília (DF).

Cada prótese tem um custo de R$ 5, valor irrisório para muitos, mas que pode fazer toda a diferença para as mulheres sem condições financeiras de passar por uma cirurgia de reconstrução mamária. “Sabemos que é muito difícil para uma mulher admitir que tirou a mama. Isso mexe com sua alegria de viver. Com esse projeto, queremos devolver a ela a oportunidade de se sentir feminina novamente”, comenta a superintendente de comunicação corporativa do Grupo Caixa Seguros, Sany Silveira.

Os empregados da seguradora estão participando ativamente do projeto desde segunda-feira, dia 14. A cada doação realizada por eles até hoje, 17 de março, o Grupo Caixa Seguros dobrará o valor, beneficiando, assim, um maior número de mulheres que aguardam nas filas por uma prótese definitiva. A expectativa é que a empresa arrecade dinheiro suficiente para confeccionar mais de 300 próteses nos quatro dias da ação, mais que a média mensal de próteses doadas por mês na Rede Pública de Saúde.

Solidariedade

Mais do que incentivar os empregados a fazer uma doação a quem precisa, a companhia quer conscientizá-los da importância de cuidar preventivamente da própria saúde. Tanto que a iniciativa partiu da coordenadora do Viva Bem Mulher – um dos programas de qualidade de vida da empresa – Maria Cláudia Laborne Valle, 37. Há um ano, ela descobriu um tumor maligno na mama, durante o check-up exigido anualmente pela companhia. A luta contra o câncer a fez perceber que, além da doença mexer bastante com a autoestima feminina, a saúde deve estar sempre em dia. “A rotina de exames exigida pela empresa me salvou. Graças a isso, descobri o tumor ainda no início e, hoje, estou bem”, afirma Maria Cláudia.

Foi por isso que a coordenadora propôs mostrar a todos os empregados da seguradora a realidade de tantas mulheres que perderam as mamas para vencer a doença. Na segunda-feira (14), eles acompanharam de perto o processo de confecção das próteses, em uma oficina dirigida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília. “Queremos que todos se envolvam, não só com a contribuição financeira, mas, principalmente com o sentimento de solidariedade. Estar com a autoestima elevada é, certamente, um facilitador para a recuperação dessas mulheres”, explica.

Para Vera Lúcia Bezerra da Silva, coordenadora da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília, essa é a parte mais importante da iniciativa. “Ao mostrarmos às pessoas como fazer uma prótese, provamos a elas que é preciso muito pouco para trazer de volta a alegria dessas mulheres e que é importantíssimo cuidar preventivamente da saúde”, afirma.

As próteses provisórias têm uma grande aceitação entre as mulheres que acabaram de passar por uma situação delicada como o câncer. “A cada semana, distribuímos aproximadamente 60 próteses e, o mais importante, muitos sorrisos”, conclui a coordenadora da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília.[2]

Exclusivo para as mulheres

Em comemoração ao mês delas, a Caixa Seguros presenteará as clientes que adquirirem o seguro Vida Mulher nas agências da Caixa ou no site da empresa, entre os dias 9 de março e 31 de maio (período que abrange o dia da mulher e o dia das mães), com um batom.

Fonte: Revista Apólice.

Popularity: unranked [?]



About the Author: renato




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>