23 jun
A Previdência Social  registrou um deficit de R$ 2,5 bilhões em maio deste ano, puxado pelas contas no setor rural, que fecharam em R$ 3,327 bilhões negativos. O setor urbano, por sua vez, teve um resultado positivo de R$ 1,170 bilhão (sem considerar despesas com pagamento de sentenças judiciais e comprovação judiciária – Comprev).

Na área urbana, a arrecadação  atingiu R$ 16,1 bilhões no quinto mês do ano – segundo maior valor da serie histórica – ao apresentar crescimento de 1,1% frente a abril e de 10,1% frente a maio de 2009.

Os benefícios pagos na área urbana, por sua vez, atingiram R$ 14,984  bilhões, valor 1% inferior ao de abril e 6,1% maior que o do mesmo mês do ano passado, devido ao aumento do salário mínimo de R$ 465 para R$ 510.

Área rural

A arrecadação na área rural cresceu 6,9% na comparação com abril, atingindo R$ 426,8 milhões. Frente a maio do ano passado, houve queda de 14,5%.

O pagamento de benefícios na área rural apresentou queda de 1% frente ao quarto mês do ano e ficou em R$ 3,75 bilhões. Em maio do ano passado, o valor havia sido de R$ 3,537 bilhões, o que remete a uma alta de 6,1%.

A necessidade de financiamento na área rural ficou 2% abaixo da registrada em abril deste ano, de acordo com os dados do RGPS (Regime Geral da Previdência Social).

Fonte:Infomoney

Popularity: 1% [?]



About the Author: Garra Seguros
Especialista em seguros (31)4103-4652




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>