29 out

Como parte da estratégia de crescimento no Brasil, a RSA Seguros pretende dobrar a carteira de seguro de Riscos de Engenharia no país, em três anos. Com os investimentos esperados em infra-estrutura em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas, aliados aos projetos para exploração do pré-sal e ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o setor espera um forte crescimento nos próximos anos.

A RSA fechou, inclusive, importante contrato no setor, como líder nas apólices de Riscos de Engenharia e seguro de Responsabilidade Civil para a obra do novo Estádio Governador José Fragelli, o Verdão, que sediará em Cuiabá (MT) os jogos do Mundial, avaliada em R$ 342 milhões. É o maior contrato de seguro para a Copa do Mundo de 2014 firmado até o momento. O segmento garante proteção por prejuízos ocorridos na construção, reforma ou ampliação de empreendimentos e cresceu 35,6% de 2008 para 2009.

“Estamos com uma estratégia sólida de crescimento acelerado na carteira de Riscos de Engenharia, baseada tanto nas obras relacionadas ao segmento imobiliário, quanto nos projetos mais complexos, sobretudo em infra-estrutura”, revela o diretor Comercial da Companhia, Ariel Couto.

A companhia apresenta diferenciais importantes, com know-how global nesse tipo de projeto, já que é a seguradora líder nos segmentos de Riscos de Engenharia, Property e Casualty nos projetos relacionados às Olimpíadas de Londres, em 2012.

“A Copa vai acontecer em 12 estados e, além das obras nos estádios, vamos atuar também em projetos nas áreas de transporte, hotelaria, gastronomia e na remodelação de aeroportos”, completa Couto.

Fonte: Monitor Mercantil

Popularity: 1% [?]



About the Author: Garra Seguros
Especialista em seguros (31)4103-4652




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>