Seguros é o nosso forte

Ágora reduz preço-alvo de Sul América e Porto Seguro, prevendo menor competição

6 jan

SÃO PAULO – A Ágora Corretora revisou o preço-alvo para as ações de duas empresas do setor de seguros: a SulAmérica (SULA11), que passou de R$ 20,50 para R$ 19,00, e a Porto Seguro (PSSA3), que foi de R$ 27,00 para R$ 25,00 por ação. Estas mudanças representam um upisde de 36,49% e 25%, respectivamente, frente ao fechamento da véspera.

“Estamos atualizando nossas estimativas para as duas seguradoras visualizando um cenário competitivo mais suavizado no curto prazo, sobretudo no segmento de veículos”, diz Aloísio Villeth Lemos, analista da corretora.

Segundo Lemos, os investidores poderão observar um aumento nos preços praticados pelas empresas, que estariam buscando a compensação das perdas apuradas via sinistralidade e pela redução, ainda em curso, na taxa básica de juros, a Selic.

“Acreditamos que os investidores têm agora um melhor entendimento do cilco de negócios do setor, limitando surpresas. O segmento de veículos é altamente cíclico, com períodos de elevado retorno seguidos de outros com grande competição, com impactos frequentes nas ações do setor”, avalia o analista.

Para o especialista, serão ainda necessários alguns trimestres para que seja confirmada a tendência de menor ímpeto competitivo entre as empresas. “Nos parece que os investidores logo perceberão a possibilidade de uma quadro melhor neste aspecto. Porém também entendemos que tal quadro já esteja precificado, limitando espaço para valorizações no curto prazo”, diz.

Expectativas
No que se refere à Sul América, a Ágora Corretora destacou o crescimento de 18,6% da empresa na área de saúde. “Temos expectativa que esta taxa desacelere em 2012, as ainda poderá registrar taxa expressiva, de +11,9%”.

Por sua vez, o segmento de veículos também deverá apresentar resultados positivos, bem como o recebimento de taxas pagas pelo Banco do Brasil, pelo uso da estrutura de back-office também da área de veículos, que poderá dar um reforço nos resultados da empresa.

Em relação à Porto Seguro, o analista ressaltou a deterioração sofrida na sinistralidade da marca Azul, possivelmente por critérios de avaliação mais flexíveis e descontos indevidos.

“Acreditamos em ajustes nestes critérios, acompanhados de uma melhora geral nos prêmios, que poderá levar a melhores margens em 2012, ainda com menor crescimento. Também está sendo revisto o posicionamento estratégico da marca Itaú, com uma posição intermediária entre Porto Seguro e Azul”, conclui Lemos.

Fonte: Graziele Oliveira Informoney.

Popularity: 1% [?]



About the Author: renato




Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>